CONCEITO| 2019

Senplo : Mais Design, Menos Moda

  • Tempo de Leitura Aproximada : 5 Minutos

O cenário atual do consumo vem mudando, por consequência do novo comportamento do consumidor

 

Não há mais lógica em repetirmos padrões de produção como na época da revolução industrial, onde produzir em massa e produtos efêmeros era sinônimo de sucesso. 

 

A senplo™ nasce para quebrar paradigmas e mudar o status quo da moda, através do desenvolvimento de produtos que supram as necessidades do consumidor contemporâneo, priorizando o design e não a moda. Neste artigo iremos te explicar o porquê.

Sobre o que iremos falar neste artigo

VOCÊ PODE SE INTERESSAR

Matérias Relacionadas

A elegância depende de conceitos acessíveis e tradicionalmente simples, e que quando aplicamos podemos melhorar nossa qualidade de vida e autoestima.

Cada peça de roupa passa uma mensagem sobre quem usa. Em função disso, é essencial pensar na composição de um guarda-roupa atemporal que expresse a pessoa.

O modo de se vestir faz parte da expressão pessoal de uma pessoa e revela sua personalidade, estado de espírito, atitude, senso estético, intenções, além de comunicar cultura e hábitos de consumo.
Você deve conhecer melhor os dois estilos que nunca saem de moda e que quase sempre se contrapõem: O estilo formal e o casual.
Contexto sobre o sistema atual da moda

O sistema da moda

Estamos vivendo em uma realidade onde o consumismo está deixando as pessoas em um estado permanente de ansiedade e baseado na verdade de que a felicidade está em conquistar coisas.

 

Mas como chegamos até aqui?

 

Esta trajetória teve início na Revolução Industrial, onde nasceu a produção em massa,  um marco histórico que desenvolveu a sociedade e permitiu ao homem comum acesso a bens de consumo.

 

Porém, mais adiante, em 1950, com a evolução das indústrias no pós-guerra houve um boom econômico que acabou encorajando a sociedade a comprar mais do que o necessário.

 

Assim, o consumo desenfreado se estabelece, especialmente nos EUA, onde o ‘sonho americano’ passa a ser uma filosofia de vida impulsionada pela publicidade.

 

Entretanto, toda essa produção e consumismo têm consequências bastante negativas, tanto para o planeta, quanto para as pessoas envolvidas, sendo algumas delas:

 

  • Escassez de recursos naturais locais;
  • Lixo em excesso;
  • Poluição das águas, ar e centros urbanos;
  • Exploração de mão de obra;
  • Consumo por quantidade e não necessidade.

Esses são apenas alguns dos problemas encontrados em uma sociedade consumista. Se formos mais a fundo, perceberemos o quanto é importante e necessário nossa forma de consumir.

 

Menos moda, mais design

A busca da senplo por mais design e
menos moda

A senplo enquanto marca se preocupa com todas essas questões. Dessa forma, busca novas alternativas para mudar essa realidade, priorizando o design ao invés da moda efêmera

 

Alguns exemplos das nossas práticas baseiam-se em:

 

  • Criar uma estética própria, não vinculada à tendências passageiras.
  • Prover um design sustentável a partir do desenvolvimento de produtos inovadores e funcionais, minimizando o impacto de consumo a aumentando a vida útil do produto.
  • Produtos atemporais, feitos para perdurar por gerações e não por estações, trazendo um benefício enorme para o consumidor, que compra tal produto e nunca fica desatualizado.

Por muitos anos o sistema da moda estagnou na lógica de criação de demanda para produção em larga escala, porém este formato está condenado, pois não é mais compatível com o mundo contemporâneo.

 

Com o propósito de mudar esse cenário e criar produtos que estejam compatíveis com o seu tempo, a senplo se firma como uma marca de design e não moda, se preocupando com a qualidade de seus materiais, mão de obra justa e produtos atemporais, criando uma relação de troca de valores com a comunidade.

Siga-nos em nossas redes sociais:

Continue Lendo

Explore nossa seção de conteúdo com artigos relacionados a arquitetura, design, estilo, moda, conceito e muito mais!! 

Design atemporal Senplo
Senplo e o design atemporal

Esse artigo mostra como o design atemporal se tornou uma resposta adequada ao consumismo exacerbado e a obsolescência programada como na atualidade.

Por que um logotipo não é tudo
Por que um logotipo não é tudo

Entenda por que consumir marcas apenas pelo logotipo não faz sentido. Hoje a moda não comporta mais marcas sem um propósito e valores consolidados.