ARQUITETURA | 2019

Oscar Niemeyer :
A inspiração da natureza orgânica
em suas obras abstratas

  • Tempo de Leitura Aproximada : 7 Minutos

Oscar Niemeyer foi um dos principais nomes da arquitetura brasileira. Ele nasceu na cidade do Rio de Janeiro e foi casado com Annita Baldo. Com ela Oscar teve sua única filha, Anna Maria Niemeyer. Continuou ativo praticamente até o fim da vida, vindo a falecer com 104 anos, em decorrência de uma infecção respiratória.

 

Oscar estudou na Escola Nacional de Belas Artes (atual UFRJ), sendo chamado de “poeta do concreto armado”.  Ele projetou uma centena de obras sendo em 1988 agraciado, por exemplo, com o Prémio Pritzker, maior condecoração em arquitetura do mundo. 

Retrato Oscar Niemeyer

“Não é o ângulo reto que me atrai, tampouco a linha reta, dura, inflexível, criada pelo homem. O que me atrai é a curva livre e sensual, a curva que encontro nas montanhas do meu país, no curso sinuoso dos seus rios, nas ondas do mar, no corpo da mulher preferida…”

Oscar Niemeyer
ARQUITETo

Seus projetos internacionais e principalmente sua inventabilidade na construção da Igreja de Pampulha chamaram a atenção do então presidente Juscelino Kubitschek. Desse modo, JK o convidou em 1956 para projetar a nova capital brasileira: Brasília, local onde concentra suas principais obras. 

 

No artigo iremos contextualizar o movimento estético que o influenciou, bem como falar sobre suas principais características.

Sobre o que iremos falar neste artigo

VOCÊ PODE SE INTERESSAR TAMBÉM 

Matérias relacionadas

Conheça as principais obras de Lina Bo Bardi, a arquiteta conhecida pelas estruturas modernistas de concreto, vidro e mobiliário.

As obras de Paulo Mendes da Rocha refletem um pensamento estético que caracteriza a chamada Escola Paulista da arquitetura brasileira. Saiba mais sobre sua trajetória. 

Conheça algumas obras do arquiteto Frank Lloyd Wright, criador da arquitetura orgânica, movimento estético nascido que surgiu no século XX.

Conheça a história de Ludwig Mies van der Rohe, arquiteto alemão conhecido por suas formas retilíneas trabalhadas com simplicidade e elegância.

Qual movimento estético influenciou o arquiteto?

Niemeyer teve sua formação como arquiteto no período em que a arquitetura moderna brasileira alcançou seu auge, que foi entre 1930 e 1950. 

 

O movimento trouxe enormes transformações na forma de pensar e fazer projetos arquitetônicos, pois privilegiava a simplicidade e pureza através das formas e aparência. Nesse sentido, vale ressaltar, que a revolução industrial foi a pedra fundamental para fazer emergir esse movimento. 

 

Desse modo, através dos processos industriais foi possível produzir em larga escala materiais inovadores como o concreto, aço e vidro.

 

Em suma, a técnica do concreto armado e a arquitetura moderna são quase indissociáveis. Foi o elemento que mais se destacou na arquitetura moderna, bem como na obra de Oscar Niemeyer. 

 

Ademais, a utilização do material sintetiza o próprio modernismo brasileiro e a obra do arquiteto que conseguiu fazer do material artifício da vanguarda.

 

Por outro lado, um dos fatores relevantes para inserção de Niemeyer no movimento da arquitetura moderna foi a influência de Le Corbusier, que viveu no Brasil de 1929 até 1936. 

 

Uma das maiores lições do suíço, naturalizado francês, foi a valorização dos materiais locais, ao passo que impulsionou a  reintrodução de velhos elementos coloniais. Como por exemplo, azulejos e materiais industriais citados aço e concreto.

 

Todavia, vale ressaltar, que com o passar do tempo Niemeyer se distancia da influência construtiva corbusieana e corre em uma direção diferente. Ele rompeu conceitos e criou sua própria estética, abandonando o ângulo reto e propondo então o uso de curvas para solucionar problemas e trazer funcionalidade. Dessa forma provoca uma revolução na arquitetura brasileira e mundial.

Como Oscar Niemeyer desenvolveu seu próprio estilo?

O modernismo arquitetônico precisava garantir soluções para os problemas brasileiros, bem como trazer significados novos aos elementos consagrados do modernismo tradicional. 

 

Desse maneira, ele rompeu o uso da forma, mas sem dispensar o uso dos materiais. Desprezando as linhas retas, Oscar Niemeyer desafiou a lógica e criou obras com formas leves e estáveis, desse modo imprimindo inventabilidade na maneira de construir.

Copan interno

Além do uso recorrente do concreto armado em seus projetos, uma de suas principais características foram as curvas, pois para o arquiteto elas traziam sensualidade e brasilidade as suas obras. 

 

Ele sempre expressou que curvas livres e sensuais o atraíam, que por sua vez embelezavam as montanhas, traziam harmonia a música e ressaltam a sensualidade da mulher brasileira. Ele traduzia dessa forma, por meio da arquitetura, a cultura do nosso país. 

•   A busca pela simplicidade e a pureza das formas

•   A reinterpretação do passado para o futuro 

•   A inspiração da natureza orgânica em suas obras abstratas

Como a obra de Oscar
Niemeyer inspira a senplo™

Siga a Senplo nas redes sociais:

Continue Lendo

Explore nossa seção de conteúdo com artigos relacionados a arquitetura, desing, estilo, moda, conceito e muito mais!!